Como acompanhar a produtividade da equipe home office?

produtividade da equipe
7 minutos para ler

Ter uma operação home office pode ser muito vantajoso para atualizar o negócio, oferecer mais flexibilidade e até encarar crises. No entanto, a gestão deve ser alinhada, eficiente e voltada para a produtividade da equipe. Afinal, essa a consolidação de resultados determina o alcance de objetivos estratégicos da empresa.

Desse modo, é possível identificar gargalos e pontos de atenção, além de aproveitar oportunidades de desenvolvimento. Inclusive, é uma alternativa para conquistar diferenciação e vantagem competitiva, o que é essencial em tempos de crise.

Para que você entenda como e por que acompanhar os resultados do time remoto, preparamos um post completo sobre o assunto. Confira!

É possível manter ou aumentar a produtividade da equipe em trabalho remoto?

É justo dizer que não apenas é viável, como é indispensável mensurar o desempenho do time. Em qualquer situação, verificar a produtividade faz diferença para entender a aderência aos objetivos do negócio e onde estão os principais pontos de atenção.

No caso do time home office, isso é especialmente importante. Como não há um contato físico direto, como acontece no escritório, existe uma dependência maior do engajamento e do comprometimento de cada colaborador. Ainda que a ideia seja oferecer autonomia, a gestão deve atuar para garantir que tudo esteja sendo cumprido.

Inclusive, o acompanhamento é útil para elevar o nível produtivo do time. Afinal, ao reconhecer os gargalos e as principais dificuldades, há como agir para contorná-los. Além disso, é uma ótima maneira de identificar os talentos que se destacam e até de desenvolver uma competição saudável. Como consequência, há um aumento no comprometimento, o que gera mais performance.

Como acompanhar a produtividade home office?

Para garantir que seja possível conquistar bons resultados, é interessante começar avaliando a estrutura da qual cada integrante do time dispõe. Isso significa conhecer o espaço e as ferramentas do colaborador, o que pode ser feito de modo remoto. Após o sinal verde nessa etapa, dá para ter a certeza de que todos têm condições de entregar desempenho.

Partindo daí, é o momento de entender como fazer a análise de produtividade. Para tanto, veja algumas dicas para colocar em prática!

Defina metas claras e alcançáveis

A produtividade depende, principalmente, da comparação em relação a valores de referência. Somente assim dá para dizer se um time realmente é produtivo ou se as entregas estão abaixo do esperado. Portanto, a mensuração começa, na verdade, com a definição de metas.

Todos os integrantes da equipe devem saber quais são os resultados desejados para determinado período. As informações devem ser claras e alcançáveis, para que as expectativas sejam comunicadas com objetividade.

Estabeleça os indicadores corretos

Em qualquer situação, a mensuração de produtividade depende da seleção correta de Indicadores-chave de Performance (KPI — Key Performance Indicator). No caso de equipes home office, esses elementos se tornam ainda mais necessários. Afinal, é por meio deles que há uma visão específica, estratégica e alinhada quanto à atuação do time.

Você verá, nos próximos parágrafos, quais métricas merecem atenção. No entanto, já dá para adiantar a importância de contar com indicadores que realmente apontem a eficiência, o sucesso das entregas e o foco do time. É essencial fazer uma medição contínua e comparar os resultados de acordo com as ações, de modo a alcançar máxima visibilidade.

Faça reuniões pontuais

produtividade da equipe

A comunicação tem um papel muito relevante para a mensuração da produtividade da equipe. No modelo de home office, isso é especialmente relevante, devido à distância física dos colaboradores. Nesse caso, é interessante fazer algumas reuniões de acompanhamento.

Conferências com o time são boas oportunidades para cada colaborador mostrar no que tem trabalhado e quais são os desafios, por exemplo. Assim, todos entendem o que já foi feito, o que está recebendo atenção e o que deve ser colocado em prática.

Implemente as soluções de tecnologia certas

Com a atuação remota, é ainda mais importante se apoiar na tecnologia para medir os resultados. Por isso, é fundamental contar com ferramentas específicas para a gestão e acompanhamento da produtividade da equipe.

O ideal é ter recursos de fácil implementação e uso intuitivo. Poder gerar relatórios, conferir os indicadores e ficar atento ao comportamento do time faz diferença. Dessa forma, é possível ter uma visão clara sobre as principais necessidades, os desafios e os pontos que merecem atenção.

Quais métricas utilizar?

Como dissemos, a seleção dos indicadores certos é indispensável para tornar o processo objetivo e efetivo. Nesse sentido, algumas métricas são mais importantes porque denotam um nível maior de resultados.

A utilização desses valores depende do tipo de negócio e da forma de atuação da equipe. No entanto, algumas opções se destacam de modo amplo para checar a produtividade. Entre os principais, estão:

  • capacidade de produção em determinado período (como volume de atendimento ou de chamadas);
  • relação entre entrega e capacidade de produção;
  • índice de retrabalho (que deve ser o menor possível);
  • tempo de conexão (como período logado na plataforma);
  • alcance de metas, entre outros.

É essencial considerar o que faz sentido para a sua operação e o que, de fato, representa os resultados desejados para o negócio. Assim, é possível ter uma visão objetiva quanto ao desempenho.

Por que a plataforma Robbyson é o braço direito do gestor?

Como visto, o uso de soluções adequadas de tecnologia é indispensável para monitorar a produtividade da equipe home office. Nesse sentido, o Robbyson é uma ferramenta capaz de atender às principais necessidades.

Com base em Machine Learning e uso estratégico de dados, a plataforma traz novas possibilidades para o gerenciamento de equipes — inclusive a distância. Pensando nisso, veja quais são os diferenciais da ferramenta!

Chat

Para facilitar a comunicação, o Robbyson oferece o recurso de chat direto e dinâmico. A função, quando liberada, permite o contato direto entre o colaborador e o gestor do seu grupo. Com isso, é possível manter um bom fluxo de informações e atingir os objetivos mais facilmente.

Gamificação

A plataforma ainda traz recursos de gamificação, que estimulam a troca de informações e dicas, assim como a conquista de resultados. Por meio de níveis e prêmios, o engajamento e a colaboração são incentivados, o que é especialmente importante para times home office.

EAD

O recurso também é essencial para estimular a Educação a Distância (EAD). Com as ferramentas certas, é possível promover treinamentos e transmitir conhecimento. Isso é essencial para a produtividade da equipe, já que ajuda a reduzir erros e aumentar a eficiência.

Controle de métricas

Outro ponto positivo da ferramenta é o acompanhamento de indicadores, com geração de relatórios. Há como identificar o volume de resultados obtido individualmente e coletivamente, desde o tempo logado até atividades realizadas. Isso melhora o gerenciamento, traz visibilidade e é fundamental para reconhecer as principais oportunidades.

Verificação de evolução

Mais que apresentar números sobre determinado momento, a plataforma Robbyson auxilia a estabelecer uma gestão em médio e longo prazo. Com ela, é possível acompanhar a evolução dos colaboradores, o que permite ter uma ideia sobre a efetividade de campanhas.

Medir a produtividade da equipe home office é essencial para ter máximo aproveitamento de oportunidades e resultados. Com essas estratégias e o uso das ferramentas certas, é possível ter visibilidade e otimizar a tomada de decisão.

Já que a adoção de tecnologia é tão importante nesse momento, entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar!

Você também pode gostar

Deixe um comentário